Suspeito de matar enfermeira na BA é identificado e tem mandado de prisão expedido

O suspeito de matar a enfermeira Rosângela Gomes Costa, de 35 anos, com golpes de faca dentro de casa da vítima, em Alagoinhas, distante 110 km de Salvador, já foi identificado. A informação foi passada ao G1 pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (24). O mandado de prisão do suspeito foi expedido no domingo (23) e ele está sendo procurado. A polícia não deu detalhes sobre o homem foragido.
Ainda segundo a polícia, um homem chegou a ser preso no sábado (22), após o celular da vítima ter sido encontrado com ele. O aparelho foi apreendido e será analisado pela polícia. Em depoimento, segundo a polícia, o homem disse que comprou o celular de terceiros, pagou fiança e foi liberado.
A polícia não informou quem o homem apontou como vendedor, nem o valor da fiança paga por ele. A polícia afirmou que, por enquanto, não há indícios de que ele tenha participado do crime.
Crime
Uma enfermeira foi encontrada morta dentro da casa onde morava em Alagoinhas, na manhã de sexta-feira (21). De acordo com a polícia, Rosângela Gomes Costa, que também era professora universitária, foi achada amarrada na cama e com marcas de golpes de faca.
A polícia chegou na casa da vítima após denúncias de vizinhos que relataram barulho durante a madrugada. Informações preliminares de testemunhas, que serão apuradas pela polícia, apontam que a vítima teve uma discussão com ex-namorado na noite anterior ao crime.

Rosângela foi enterrada no final da manhã de sábado, no Cemitério Praça da Saudade, em Alagoinhas. Amigos da vítima, que também era professora universitária, protestaram em frente ao Lar Franciscano, local onde o corpo foi velado. O grupo pediu rapidez da polícia na apuração do crime e prisão do assassino.

Fonte: G1Bahia