Quarta-feira, 31 de maio

Bom dia! Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado.

dia promete mudanças. O comando do Ministério da Justiça troca oficialmente de mãos. Torquato Jardim assume a pasta em cerimônia no Planalto à tarde. No Supremo, é Aécio Neves que vê a investigação contra ele na Lava Jato mudar de relator. E o mercado financeiro também espera alteração na taxa básica de juros, sob a aposta dos economistas em mais um corte da Selic.

Novo ministro da Justiça

Torquato Jardim assume oficialmente o comando do Ministério da Justiça. À frente da pasta, o jurista será responsável, por exemplo, pela Polícia Federal. Jardim ainda não se pronunciou sobre o receio de delegados e agentes de que a troca de comando afete a Operação Lava Jato.

O jurista Torquato Jardim, convidado por Temer para o Ministério da Justiça, em foto de 26 de maio de 2017 (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil) O jurista Torquato Jardim, convidado por Temer para o Ministério da Justiça, em foto de 26 de maio de 2017 (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

O jurista Torquato Jardim, convidado por Temer para o Ministério da Justiça, em foto de 26 de maio de 2017 (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Aécio investigado

Será definido hoje, por sorteio, o novo relator do processo que investiga Aécio Neves no STF. O inquérito sobre o senador saiu das mãos do relator da Lava Jato, Edson Fachin, depois que o ministro decidiu dividir a investigação de Aécio da apuração de Temer e Rocha Loures.

O senador Aécio Neves (Foto: Fabio Pozzebom / Agência Brasil) O senador Aécio Neves (Foto: Fabio Pozzebom / Agência Brasil)

O senador Aécio Neves (Foto: Fabio Pozzebom / Agência Brasil)

R$ 2 bi a mais com petróleo

A arrecadação de royalties e participações especiais sobre a produção de petróleo voltou a crescer em 2017 e acumula alta de 37% até abril, segundo levantamento do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE). Em valores, o Brasil arrecadou R$ 2 bilhões a mais.

Câmara e Senado

Na Câmara, foi adiada para hoje a votação do projeto que pretende acabar com a guerra fiscal entre os estados. Já os senadores tentarão novamente concluir a votação da PEC que extingue o foro privilegiado nos casos de crimes comuns.

Emprego e taxa de juros

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reúne hoje para definir a nova taxa básica de juros. O mercado financeiro aposta na manutenção do ritmo de corte e prevê a Selic a 10,25% ao ano. Mais cedo, o IBGE divulga os números do desemprego no mês de abril.

 (Foto: Marcos Santos / USP Imagens)  (Foto: Marcos Santos / USP Imagens)

(Foto: Marcos Santos / USP Imagens)

Educação

O prazo para renovação dos contratos do Fies termina hoje. O Enem, que na edição deste ano, teve o menor número de inscritos desde 2013, teve R$ 226 milhões de prejuízo com faltas na edição do ano passado.

Curtas e rápidas…

  • Desde ontem, a pílula anti-HIV para prevenção começou a ser dinsponibilizada gradativamente no SUS. Saiba os efeitos do remédio e como será usado para a prevenção da doença.
  • G1 já viu: ‘Mulher-Maravilha’ bota duas mulheres no comando e une guerra, mitologia e leveza
  • O Fiat Argo chega às concessionárias em junho com a missão de ser um “salvador da pátria” para a montadora. Mas ele tem o que precisa para concorrer com os atuais líderes de mercado? Veja as primeiras impressões em vídeo.
  • A Mega-Sena pode fazer um novo milionário hoje e pagar R$ 65 milhões

Gal Gadot em 'Mulher Maravilha' (Foto: Divulgação) Gal Gadot em 'Mulher Maravilha' (Foto: Divulgação)

Gal Gadot em ‘Mulher Maravilha’ (Foto: Divulgação)