Pesquisadores criam pílula que mede gases no intestino em tempo real

Pesquisadores do Instituto Real de Tecnologia de Melbourne, na Austrália, inventaram uma pílula que transmite informações a partir do intestino dos pacientes. Do tamanho de uma pílula de vitamina, a cápsula detecta e mede gases como hidrogênio, dióxido de carbono e oxigênio em tempo real, relacionando os dados a doenças gastrointestinais. Os dados podem ser enviados para um smartphone. De acordo com o professor Kourosh Kalantar-zadeh, que lidera o estudo e desenvolveu o dispositivo, o teste mostrou que o estômago humano usa um oxidante para combater corpos estranhos no intestino. “Nós descobrimos que o estômago lança oxidantes químicos para eliminar compostos que permanecem por tempo maior que o usual”, explicou, acrescentando que o mecanismo pode representar uma ação do sistema imune para proteger o órgão. Ainda de acordo com o pesquisador, a pesquisa mostra que em uma dieta com alta quantidade de fibras, há presença de elevadas concentrações de oxigênio no intestino grosso. “Isso contradiz a velha crença de que o cólon nunca tem oxigênio”, aponta, para acrescentar: “Essa informação nova pode nos ajudar a compreender melhor como doenças debilitantes como câncer de cólon ocorrem”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *