Contra o desperdício: aplicativo luta contra perdas de alimentos

O primeiro encontro foi de 32 quilos de kibe fora do tamanho comercial desejado de uma fábrica de congelados com uma instituição de crianças e jovens, em São Paulo. A comida, que poderia ter ido parar na lixeira, encontrou um novo destino por meio do aplicativo Comida Invisível, disponível para Android. Ele promove o “encontro” de restaurantes, hotéis, supermercados com entidades e ONG’s que precisam do alimento, conta sua idealizadora, Daniela Leite. A inspiração para a iniciativa veio de uma visita ao CEAGESP, onde Daniela observou muitos alimentos perfeitos para o consumo sendo jogados fora.

O desperdício de alimentos no Brasil e no Mundo

Cerca de um terço de todos os alimentos produzidos no mundo é desperdiçado. Tudo isso enquanto 815 milhões de pessoas passam fome. Os números são da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO). O desperdício é diferente em cada parte do mundo. Enquanto nos países do mundo desenvolvido há uma maior incidência de desperdício na ponta final, no consumidor, nos países em desenvolvimento é mais comum o desperdício nas fases de produção, transporte e armazenamento. No Brasil, são jogadas no lixo 40 mil toneladas de alimentos diariamente. A não utilização de alimentos aptos para consumo é, também, um problema ambiental já que implica no desperdício de recursos naturais como água e terra. O desperdício de alimentos será um dos assuntos da 3ª Assembleia do Meio Ambiente da ONU, que acontece em Nairóbi, no Quênia, até quarta-feira (6). Com informações do Sputnik.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *