Condenado por morte de atriz, Guilherme de Pádua vira pastor

O ex-ator Guilherme de Pádua se tornou pastor de uma igreja evangélica em Belo Horizonte no último fim de semana. Guilherme, que foi condenado a 19 anos e seis meses por assassinar a facadas Daniela Perez com a ajuda da sua esposa, na época Paula Thomaz, se converteu à religião 15 anos atrás. O assassinato da filha da autora de telenovelas, Glória Perez, ocorrido em 28 de dezembro de 1992 foi um dos assuntos mais discutidos do ano. Hoje, formado em Teologia e casado com a estilista mineira Juliana Lacerda, Pádua completa 18 anos fora da cadeia e assumirá a igreja entre o final deste ano e o começo do próximo. (BN)