AGENDA DO DIA: Quarta-feira, 18 de outubro Bom dia! Aqui estão as principais notícias para você começar o dia bem-informado.

No dia seguinte à salvação do mandato de Aécio Neves no Senado, a denúncia contra Temer que corre na Câmara volta aos holofotes em Brasília. O primeiro dia de debates sobre o relatório que recomenda o arquivamento da denúncia contra o presidente terminou no fim da noite, após 10 horas de discussão na CCJ. A análise da denúncia será retomada nesta manhã, e o governo espera que o parecer favorável a Temer seja votado ainda hoje. Outra expectativa é para saber se a ajuda que o PMDB deu ao senador Aécio Neves no Senado vai influenciar nos votos da bancada tucana na Câmara.

Presidente denunciado

O presidente Michel Temer  (Foto: Evaristo Sa / AFP Photo)

O presidente Michel Temer (Foto: Evaristo Sa / AFP Photo)

CCJ da Câmara dos Deputados tenta concluir hoje debate da 2ª denúncia contra Michel Temer, para votar em seguida. A lista de inscritos tem ainda nove nomes, mas outros deputados poderão se inscrever. Encerrada essa fase – e antes de o parecer ser votado pelos integrantes da CCJ -, o relator terá mais 20 minutos para se manifestar. Em seguida, terão direito à fala os advogados de defesa de Temer, Padilha e Moreira. Após essa etapa, serão chamados dois deputados a favor do relatório e outros dois, contra. Para orientação de bancada, cada partido terá até um minuto de fala. Só então será aberta a votação.

Aécio Neves

  AÉCIO - O senador Aécio Neves (PSDB-MG) (Foto: André Dusek / Estadão Conteúdo)

AÉCIO – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) (Foto: André Dusek / Estadão Conteúdo)

O senador Aécio Neves deve retomar as atividades parlamentares nesta quarta, depois de o Senado ter derrubado, por 44 votos a 26, a decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal, que havia determinado o afastamento do senador do mandato.

Camarotti entrevista o juiz Sérgio Moro

Globonews entrevista o juiz Sérgio Moro

Globonews entrevista o juiz Sérgio Moro

Responsável pelos processos da Operação Lava Jato na 1ª instância, o juiz federal Sérgio Moro concedeu entrevista exclusiva a Gerson Camarotti, na qual falou sobre os desdobramentos da operação, a reação da classe política e os efeitos do combate à corrupção. Entre outros temas, falou sobre prisões após condenação em 2ª instância, os efeitos das delações premiadas e como o julgamento do mensalão do PT no Supremo Tribunal Federal (STF) influenciou “decisivamente”. O juiz diz não ter vocação para política e afirma que o foro privilegiado deveria ser reduzido “significativamente”. Leia aqui a íntegra da entrevista.

Economia nos EUA

O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, divulga hoje relatório sobre economia norte-americana.

Profissionais do ano

Serão anunciados esta noite os vencedores nas categorias nacionais do 39º Prêmio Profissionais do Ano, que premia os melhores anúncios veiculados na Globo entre abril de 2016 e março de 2017. Na edição deste ano, o prêmio teve 627 inscrições, num total de 820 comerciais concorrentes. O júri foi composto por 59 profissionais das áreas de criação, direção de comerciais, entidades e escolas de comunicação, além de representantes da Globo.

Lollapalooza

A organização do Lollapalooza divulga nesta quarta o line-up com as atrações que vão tocar em cada dia. O festival acontecerá nos dias 23, 24 e 25 de março de 2018, no autódromo de Interlagos.

Vacinas

Desde o final de 2015, as vacinas hexavalente e pentavalente acelulares – que não fazem parte do Programa Nacional de Imunizações do Sistema Único de Saúde (SUS) – estão escassas na rede privada. O laboratório francês Sanofi Pasteur anunciou que passará a vender até o final deste mês a hexa, também chamada de sêxtupla acelular. A hexacelular protege contra difteria, tétano, coqueluche, meningite provocada pela bactéria Haemophilus influenzae tipo b, hepatite B e poliomielite. A pentavalente protege contra as mesmas doenças, exceto poliomielite.

Curtas e Rápidas